• Viaje Bem Turismo

Conheça TEL AVIV

Atualizado: há 5 dias

Jerusalém é "Washington" de Israel ou Ottawa ou Camberra, Tel Aviv é a Nova York de Israel, Toronto ou Sydney - o centro empresarial, de entretenimento e artes da nação.



Tel Aviv-Jaffa é uma cidade de 450.000 pessoas que – da mesma maneira que Los Angeles - é na verdade o centro de uma grande aglomeração que une uma dúzia de cidades em uma metrópole com mais de 4 milhões de israelenses. Se Jerusalém é "Washington" de Israel ou Ottawa ou Camberra, Tel Aviv é a Nova York de Israel, Toronto ou Sydney - o centro empresarial, de entretenimento e artes da nação. Tel Aviv é uma das poucas cidades do mundo que também é um importante resort de praia do Mediterrâneo, com 14 quilômetros de praias, e uma calçada de 22 quilômetros alinhada com cadeiras de praia, guarda-chuvas, torres salva-vidas, cafés, pubs, bares e restaurantes.


“Se Jerusalém é "Washington" de Israel ou Ottawa ou Camberra, Tel Aviv é a Nova York de Israel, Toronto ou Sydney - o centro empresarial, de entretenimento e artes da nação. ”

Fundada em 1909, Tel Aviv foi originalmente concebida como um subúrbio da antiga cidade portuária de Jaffa, de 4.000 anos, e tradicionalmente nomeada de Jafé, um dos filhos de Noé. Os primeiros moradores de Tel-Aviv desenharam lotes na areia para construir casas e terrenos para o que se tornaria a primeira cidade em 2.000 anos cujo idioma seria o hebraico. Dentro de um período de 25 anos, Tel Aviv foi uma metrópole movimentada cuja arquitetura marcante consistia nos edifícios de estuque branco em palafitas - muitos projetados por arquitetos judeus alemães fugindo dos nazistas. Tel Aviv agora é o lar de mais arquitetura Bauhaus do que qualquer outra cidade e a "Cidade Branca" é um Patrimônio Mundial da UNESCO.



Como Nova York, Tel Aviv é uma cidade que trabalha 24 horas por dia, cujos restaurantes são alguns dos mais criativos do mundo, e cuja vida noturna está entre as melhores do mundo. Tel Aviv transborda um estilo marcante, ousado e chique que é exibido em mercados de artesanato, butiques chiques, arquitetura impressionante, cafés ao ar livre em um ritmo constante. Arte, dança, música, teatro e ópera estão em toda parte, as bicicletas estão por toda parte, os portos de Tel Aviv e Jaffa foram transformados em grandes centros de entretenimento, restaurantes e lojas. Tel Aviv está a ponto de se tornar a primeira grande cidade do mundo com wi-fi em todos os lugares. Tel Aviv, assim como Sydney, está preocupada com o futuro, mas é um futuro que possui vizinhanças reformadas de 100 anos de idade, quartos residenciais renovados e uma série de hotéis, a partir de marcas do mundo para dezenas de hotéis boutique inovadoras.



Você deve conhecer:

  • Bauhaus “Cidade Branca”

  • Mercado Carmel

  • Mercado Jaffa Kasbah e Flea

  • Porto de Jaffa

  • Feira de Artesanato de Rua Nachlat Binyamin

  • Bairro Neve Tzedek

  • Rothschild Boulevard

  • Bairro Tachana

  • Calçadão à beira-mar Tayele

  • Museu de Arte de Tel Aviv

  • Porto de Tel Aviv


Se você tiver mais tempo:

  • Ben Gurion House

  • Bet Hatefutsoth - o Museu Nahum Goldmann da Diáspora Judaica

  • Auditório Charles Bronfman

  • Museu Terra de Israel

  • Museu Etzel

  • Pavilhão Helena Rubinstein

  • Independence Hall

  • Kikar HaMedina

  • Mercado Levinsky

  • Nova Ópera Israelense

  • Museu do Palmach


Fonte: https://www.goisrael.com.br/

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo